segunda-feira, 3 de março de 2008

Dia ávido.

Diário:
Resolvendo-me! Ainda sem rumo para certas aparições poéticas... andando perdida é o que estou.
Fico revolta, fico vazia... fico ansiosa pelas horas de dificulto parto literário...
Acordei assim esses dias: com a pele oleosa, a cara amassada de travesseiro, um breve mal humor de quem não dormiu, umas horas me esperando e a pressão diária segurando minhas mãos.
Preciso de mim.
Preciso descartar hipóteses, abrir umas janelas, tomar um chá e dormir bem.
Ou não...
preciso apenas experiansiar algumas vidas diferentes, dar passos incertos, talvez nem dormir...


preciso precisar!

2 comentários:

Pensamentos Demasiados de Lucidez... disse...

precisamos de nós e dos outros!
aah! vida.

Jota Pê_The disse...

Sua avidez é deslumbrante; que perfil interessante!

- Dia comadre!
- Dia!
- Vos'mecê sabe que dia é dia?
- Todo dia é dia "D" minha bem-quista, todo dia...todo...dia.